Backlog de manutenção: como ser mais eficiente nas previsões em indústrias
ARTIGOS

Backlog de manutenção: como ser mais eficiente nas previsões em indústrias

Escrito por

 

Com o início da revolução industrial, os processos de manutenção foram criados e aprimorados. À medida que o tempo passou, novas técnicas foram desenvolvidas e o mercado tornou-se mais exigente e concorrido. Na busca por novos clientes, várias indústrias querem alcançar novos resultados e reduzir custos.

Quando um equipamento está parado, seja por falta de peças ou por problemas operacionais, toda a linha de produção pode ser colocada em risco. Dessa forma, essa situação deve ser solucionada o quanto antes. Em função da pressão por efeitos positivos e da falta de conhecimento, alguns profissionais tomam atitudes equivocadas e que atrapalham o desempenho da gestão.

Dessa forma, o backlog de manutenção é um conceito que faz toda a diferença para as decisões de um supervisor industrial. Com ele, é possível prever as demandas de suprimentos e de funcionários em seu negócio. Neste post, você vai aprender um pouco mais sobre esse assunto. Além disso, vamos citar algumas práticas que vão ajudá-lo em sua rotina de trabalho.

O que é o backlog de manutenção?

Por mais bem capacitada que a sua gestão seja, problemas podem acontecer. Mesmo que você tenha um bom planejamento e realize manutenções com uma certa periodicidade, qualquer equipamento pode parar de funcionar. É fundamental, portanto, estar preparado para agir com eficiência e rapidez.

Em uma indústria, o acúmulo de trabalho em um determinado período de tempo é chamado de backlog. O backlog de manutenção se refere ao período em que uma ordem de serviço tem que esperar para ser solucionada. Esse conceito também pode ser compreendido como o tempo que uma equipe de trabalho necessita para terminar todas as suas atividades.

Na maioria dos casos, ele é medido em horas ou dias e é um ótimo indicador de desempenho, já que sua análise faz com que o supervisor de manutenção conheça a realidade operacional de sua equipe.

De que forma esse conceito é influenciado?

A frequência com que as ordens de serviços ocorrem na indústria podem variar. Desse modo, o backlog de manutenção precisa ser acompanhado instantaneamente. Seu comportamento pode variar de acordo com os seguintes motivos:

Falta de peças de reposição

Esse problema é o mais comum no dia a dia de uma indústria. As peças de reposição são básicas para a realização de vários tipos de manutenções. Em situações emergenciais, a simples falta de um parafuso, por exemplo, pode paralisar toda a linha de produção.

Indisponibilidade de funcionários

Seus funcionários são essenciais para o desempenho da maioria das atividades da indústria. Em vista disso, pode existir uma demanda muito maior do que a capacidade que os técnicos de manutenção comportam. Além do mais, algum colaborador pode ficar doente ou estar de férias. Essas ausências fazem com que o backlog de manutenção aumente e, em casos mais extremos, não permitam o controle eficiência da produção.

Problemas que exigem atendimento especializado

Certas empresas necessitam de serviços e máquinas especializadas em alguns de seus setores. Quando elas passam por problemas, sua equipe de manutenção pode não ser capaz de resolvê-los. Nessas horas, a espera por uma solução terceirizada também afeta o backlog de manutenção.

Como ele ajuda nas previsões em indústrias?

Com a sua leitura até esse momento, você pode perceber que o backlog de manutenção é uma peça-chave no planejamento de qualquer empreendimento. Entretanto, qual é o valor ideal para esse critério? Ele deve ser calculado da seguinte maneira:

Backlog = HHE / HHD em que,

HHE = Homem x Hora estimada, período de tempo que se julga necessário para a execução dos serviços.

HHD = Homem x Hora disponível, tempo gasto por membro da equipe para realizar as manutenções.

Ter um backlog de manutenção menor do que 1 indica que sua gestão está superdimensionada. Já quando esse valor é maior do que 1, existem mais serviços a serem realizados do que sua equipe pode comportar. A situação ideal é representada por um backlog igual a 1.

O controle desse conceito permite que você compreenda melhor quais são as necessidades da gestão. Além disso, ele facilita a descoberta e solução dos problemas e falhas no planejamento. Como consequência disso, é possível criar uma rotina de manutenções e de serviços adequada às suas necessidades, reduzindo custos e o consumo de materiais.

O uso de um software de gestão e controle de manutenção auxilia no controle do backlog. Ele possibilita a organização dos processos e dos recursos a serem utilizados, aumentando a produtividade do setor.

Qual é a importância da teoria das filas para o backlog de manutenção?

Quando vários equipamentos estão aguardando por uma manutenção, eles formam uma fila de espera. Por mais que existam diferentes motivos e causas para isso, todas as situações têm características em comum. Desse modo, a teoria das filas trata o fenômeno de aguardar em fila com métodos matemáticos e estatísticos.

Ela tem o objetivo de encontrar uma resposta para os problemas operacionais que atrapalham a performance dos sistemas. Para que ela seja efetiva, é fundamental criar um modelo e fórmulas específicas às necessidades da situação em análise.

A teoria das filas permite o estudo e o dimensionamento de processos focados no aumento de produtividade e na redução das perdas financeiras. Assim, um supervisor de manutenção tem informações confiáveis em mãos para entender o funcionamento de sua indústria e tomar decisões com mais segurança e confiança.

A rotina de trabalho de um supervisor de manutenção é muito corrida e exigente. Esse profissional precisa provar seu valor na instituição e satisfazer as vontades dos clientes. Portanto, ele deve acompanhar as tendências do mercado e utilizar as técnicas e estratégias mais eficientes existentes.

A análise do backlog de manutenção facilita o controle das operações e a solução dos problemas que atrapalham sua performance. Utilizando esse conceito, é possível fazer previsões com eficiência e reduzir os custos da gestão. Em todos os casos, o uso de um software de gestão e controle de manutenção pode ser a solução para os mais diversos ramos de atividade.

E então, gostou do nosso conteúdo? Quer aprender ainda mais sobre o assunto? Veja mais detalhes da gestão do backlog de manutenção!

 

Sobre o autor

Deixar comentário.

Share This