Sistemas Redundantes e Manutenção
ARTIGOS Manutenção

Sistemas Redundantes e Manutenção

Engeman
Escrito por Engeman

Trabalhar com redundância garante disponibilidade de equipamentos essenciais

A palavra da vez nas empresas é disponibilidade. É preciso garantir que os equipamentos estejam aptos a realizar o trabalho proposto e operando de forma satisfatória. Vou falar um pouco de um recurso cada vez mais aplicado nas empresas: Redundância de equipamentos e processos.Redundância significa manter sistemas duplicados ou triplicados para garantir a disponibilidade de processos e equipamentos críticos. Atualmente é utilizada em vários segmentos para garantir disponibilidade sempre elevada. É preciso garantir a disponibilidade de equipamentos para evitar, não somente perdas de produção, mas a segurança de pessoas e a integridade de ativos. Como exemplo podemos citar plataformas petrolíferas, onde a parada de produção acarreta milhões em prejuízo, além do risco de vazamentos, acidentes e a perda dos ativos. As indústrias de serviços básicos, como energia e água, também utilizam muito este recurso devido às pesadas multas impostas por órgãos regulamentadores. A indústria aeronáutica é outro exemplo. Existe o mito de que em aeronaves não existem corretivas. Na verdade existem sim, mas elas não podem impedir o funcionamento normal da aeronave. Desta forma, sistemas redundantes são utilizados para garantir o pleno funcionamento da aeronave e seus sistemas críticos. A redundância acontece também em empresas ferroviárias, uma vez que as locomotivas percorrem longas distâncias e levar equipamentos ou peças de reposição tem custo muito elevado, além do comprometimento do prazo de entrega.

Como redundância representa a criação de sistemas duplicados ou múltiplos, sua implementação acarreta um número maior de ativos. Acarreta também custo maior de estruturação e, principalmente, exige maior planejamento de manutenção. Em sistemas redundantes esses fatores são mais intensos, pois demandam mais pessoas, tempo ou materiais sobressalentes. O processo de manutenção precisa ser realizado nos conjuntos redundantes, que muitas vezes inviabiliza utilização em larga escala ou em processos menos críticos. Se este planejamento não for executado de forma eficiente, se equipamentos duplicados não estiverem aptos a entrar em operação quando necessário a redundância perde seu sentido. É preciso analisar os custos da manutenção, como consumo de materiais, aplicação de mão de obra e parada do equipamento, pois, se esses valores ultrapassarem os custos operacionais, a redundância foi mal dimensionada. Existem casos onde a redundância criada sem planejamento resultou em uma disponibilidade menor, pois as equipes de produção e manutenção não estavam aptas a utilizar os equipamentos ou em manter em funcionamento.

Em sistemas redundantes é preciso executar manutenções em equipamentos parados, pois estes também sofrem desgastes. Os diversos tipos de equipamentos e principalmente, a utilização de cada um exprime um cuidado especial. Motores que estão em ambientes diferentes, ou em regimes de trabalho mais árduos, precisam ter programações diferenciadas. Muitas vezes os planejadores não se atentam as esses detalhes, montando planos e programações que não atendem a demanda dos equipamentos.

É importante sempre manter o controle e acompanhar a vida do equipamento e seus custos, porém, a estratégia de manutenção depende diversos fatores. É preciso analisar os riscos ambientais, riscos para os operadores e manutentores, a possibilidade de troca do equipamento, a idade e tempo de vida do equipamento, dentre outros fatores.

É preciso alinhar as prioridades da empresa quanto ao processo produtivo e aos processos de manutenção. O tempo de equipamento parado é realmente preocupante? Existe risco de perder o ativo? Em uma falha pode ocorrer um acidente pessoal ou ambiental? É preciso alinhar as estratégias empresariais ao processo de produção e manutenção para otimizar os investimentos e custos com as reais necessidades da empresa.

Sobre o autor

Engeman

Engeman

Deixar comentário.

Share This