Tomada de Decisões em Situações de Crise
ARTIGOS Manutenção

Tomada de Decisões em Situações de Crise

Engeman
Escrito por Engeman

​No mundo dos negócios a tomada de decisão não é apenas uma escolha sobre qual rumo tomar, é uma questão de sobrevivência, independentemente do nível envolvido (operacional, técnico, estratégico, gerencial). Antes de qualquer definição, o tomador de decisões precisa analisar a situação de forma minuciosa. Eis alguns pontos que precisam ser verificados nessa etapa:

• Identificação do problema

Identificar o problema e analisar o impacto direto na organização. Sem preocupar-se com a causa, que será analisada depois da solução, para evitar recorrência. 

• Classificação das opções de decisão

Significa exatamente definir o que pode ser feito para solucionar o problema e quais as consequências envolvidas em cada escolha. Nem sempre a solução mais rápida é a melhor, na verdade, a solução mais rápida gera um estresse maior para a equipe e um custo futuro para o processo da organização na maioria dos casos. Quando estamos falando de satisfação de clientes, a escolha mais rápida costuma ser a melhor opção, como paliativo, mas devemos entender que uma solução bem pensada e definitiva deve ser preparada para o futuro.

• Consulta das pessoas envolvidas

O gestor precisa/deve conversar com a equipe que executará a solução e com as pessoas que receberão seu impacto para ter uma visão mais ampla dos efeitos de cada opção, visando sempre minimizar o prejuízo da organização e evitar ao máximo possível desviar do processo de trabalho.

Para questões de grande complexidade, é importante definir um checklist com os passos a serem executados e todos os recursos necessários (pessoas, materiais, estruturas), utilizando o formato em linha de tempo. Seguindo essas orientações a execução tende a ser bem realizada.

Podemos concluir que uma boa tomada de decisão depende de uma análise minuciosa da situação, do estudo das opções e consequências, do respeito ao processo da organização e da consulta com as pessoas envolvidas. Mesmo utilizando-se de todas as manobras conhecidas, não existe uma escolha perfeita. Sempre haverá perdas, essa situação deve ser aceita pelos gestores e pela organização.

Sobre o autor

Engeman

Engeman

Deixar comentário.

Share This