10 Dicas para Redução de Custos na Manutenção

Você sempre tem gastos inesperados com sua manutenção? Confira as 10 Dicas para Redução de Custos na Manutenção da sua empresa

Por diversas vezes o setor de manutenção de uma empresa é visto como um centro de custo, e este assunto tem sido um dos principais pontos de interesse nas gestões corporativas. Acompanhe a seguir dez dicas muito úteis que podem contribuir para a redução de custos na manutenção.

1. Planeje com antecedência – compartilhe o planejamento com o setor de produção:

Um cronograma de manutenção alinhado à escala de produção evita custos e perdas desnecessárias, onde além disso, permite também ajustes nas datas ou períodos de manutenção com antecedência.

2. Crie planos de manutenção somente com o que realmente for necessário:

A obtenção de informações e procedimentos para a criação de um plano de manutenção também deve envolver os integrantes do departamento técnico e as recomendações do fabricante ou fornecedor do equipamento. O objetivo é evitar a inclusão de itens desnecessários, redundantes ou que demandam muito tempo. Para estes últimos, é comum criar planos de manutenção específicos, que normalmente são executados em dias onde também não há produção.

3. Assegure que ponto de controle da manutenção é aplicável ao equipamento:

É importante definir pontos de controle que realmente se adequam à real necessidade do equipamento, assim, por exemplo, um equipamento onde a manutenção foi planejada para ser executada a cada três meses, mas que normalmente é ligado somente durante 10 horas entre os intervalos devido a manutenção. Neste caso, talvez também fosse mais interessante planejar a manutenção de acordo com o número de horas trabalhadas e não intervalo entre datas, gerando assim economia de insumos e assim consequentemente também de tempo.

4. Inspecione os equipamentos periodicamente: 

Com as inspeções periódicas são obtidas informações utilizadas para programar manutenções pontuais, normalmente com custos reduzidos. Por exemplo, da mesma forma, assim quando se nota consequentemente que a vibração do equipamento está aumentando de forma incomum. Você programaria uma parada de manutenção para resolver o problema ou esperaria que o equipamento fosse danificado? Sem a inspeção provavelmente assim a segunda opção seria “escolhida”.

5. Tenha sempre em mãos um plano de manutenção emergencial:

Este tipo de plano de manutenção é normalmente utilizado em manutenções corretivas não-planejadas onde já se conhece uma solução rápida para o problema. Exemplo:quando o equipamento desligar de repente, quais os procedimentos de manutenção devem ser seguidos? Existe algum procedimento de segurança adicional?

6. Avalie a disponibilidade de peças de reposição:

É comum que algumas manutenções como resultado não possam ser executadas devido a falta de peças de reposição em estoque. Neste caso, além do custo de manutenção por parada de equipamento e tempo de execução extra, a empresa é obrigada a obter a peça de reposição no primeiro fornecedor disponível e nem sempre é o mais barato.

7. Tenha um histórico de ocorrências dos equipamentos:

Com o histórico de ocorrências é possível assim, descobrir também os padrões por trás das ocorrências e consequentemente, da mesma forma, evitá-las no futuro.

8. Tenha um histórico de tempos de execução dos serviços de manutenção:

Qual é o tempo médio de manutenção de cada equipamento? Houve algum desvio pontual? Se houve, do mesmo modo, assim qual foi o motivo e também qual foi o custo adicional causado por este desvio? São perguntas que podem assim ser respondidas com um histórico de tempos de atendimento.

9. Tenha um histórico de custos de manutenção:

Qual foi o equipamento que gerou o maior custo de manutenção em determinado período? Baseado no custo de manutenção atual, vale a pena como resultado substituir algum equipamento problemático?

10. Obtenha informações de forma rápida: 

Passar dias criando um relatório ou gráfico é um desperdício de tempo e também recursos da empresa.

Sucesso na redução de custos de manutenção da sua empresa!

$0fmypfy17n4 - 10 Dicas para Redução de Custos na Manutenção  $jyiiuziavzq - 10 Dicas para Redução de Custos na Manutenção    $nza322fswpg - 10 Dicas para Redução de Custos na Manutenção

Share This