Veja por que o cronograma de manutenção é essencial para o seu sucesso!

226027 veja por que o cronograma de manutencao e essencial para o seu sucesso estender 500 palavras 810x810 - Veja por que o cronograma de manutenção é essencial para o seu sucesso!

Manter o espaço, os equipamentos e as operações em pleno funcionamento é de extrema importância para garantir o sucesso de empresas. Afinal, quando uma das peças da cadeia produtiva não funciona adequadamente, compromete todos os demais processos.

Por isso, o cronograma de manutenção cumpre um papel essencial no processo produtivo, a fim de evitar paradas que causem prejuízos posteriores. Além disso, a manutenção também tem diversas outras funções e benefícios, como apresentaremos neste artigo.

Continue lendo e saiba mais sobre por que é necessário realizar manutenções regularmente, entenda a importância do cronograma nesse procedimento e aprenda como criar um planejamento eficiente para a sua organização.

Por que investir em manutenção?

A manutenção deve ser uma tarefa comum do dia a dia de qualquer empresa. Afinal, imprevistos na linha de produção acontecem e não é raro encontrar problemas em equipamentos ou na própria infraestrutura, não é mesmo?

Apesar de comum, esse tipo de problema faz com que o serviço não possa ser oferecido com o mesmo padrão de qualidade e os processos sejam interrompidos, ocasionando perdas financeiras e, em alguns casos, a perda da credibilidade e confiança por parte dos clientes.

Por exemplo, quando uma máquina passa a operar com defeito, há uma redução da qualidade dos itens produzidos ou atrasos na entrega para a próxima etapa produtiva. Isso pode comprometer toda a cadeia e, consequentemente, gerar prejuízos e problemas com o cliente final.

Preventiva, preditiva ou corretiva, a manutenção aumenta a integridade e eficiência dos equipamentos e, principalmente, garante mais segurança para quem os utiliza. É imperativo considerar que a falta de manutenção pode ocasionar acidentes, colocando em risco a integridade física dos seus colaboradores.

Além disso, a ausência desse tipo de ação também pode gerar reclamações por parte dos clientes, já que eles, provavelmente, não serão atendidos no prazo ou terão produtos defeituosos ou de qualidade duvidosa em suas mãos.

O que é um cronograma de manutenção?

O cronograma de manutenção funciona como uma espécie de planejamento, no qual constarão todas as informações necessárias para a realização dos reparos para o pleno funcionamento da cadeia produtiva.

Apesar de variar de acordo com o tipo da operação e processos de cada empresa, todo cronograma segue princípios básicos. Em geral, esse tipo de documento deve ter:

  • descrição de cada atividade;
  • definição do responsável pela execução;
  • previsão do tempo disponível e necessário para realização da tarefa;
  • tipo de manutenção;
  • nível de criticidade;
  • status de realização: planejado, em realização ou pronto;
  • identificação das atividades e definição dos horários, para que não haja interferências.

É essencial também que os cronogramas contenham uma coluna para indicar o tipo de materiais e intervenções necessárias. Além disso, recomenda-se incluir uma checklist final para garantir que todas as atividades tenham sido cumpridas.

Além de planejar as atividades, o documento ajuda as equipes de manutenção a entender quais são as suas tarefas. O cronograma também é uma ótima forma para o gestor acompanhar e controlar todas as atividades.

Quais são os principais tipos de manutenção?

Ao fazer o planejamento das tarefas, é preciso entender e identificar quais são os tipos de manutenção de que a empresa precisa.

Manutenção corretiva

É, provavelmente, o tipo mais comum de manutenção — porém, não é o mais indicado. Muitas empresas, infelizmente, só aplicam reparos após identificar problemas. Quando implementada, a manutenção corretiva tem como objetivo a recuperação da capacidade produtiva do equipamento em questão ou da infraestrutura do local.

Manutenção preventiva

Como o próprio nome sugere, a manutenção preventiva busca evitar que um problema ou falha atrapalhe a operação. 

Isso garante que a operação não seja interrompida por falhas ou que os serviços atrasem para realização da manutenção. Ou seja, a empresa está preparada para receber a intervenção.

Vale lembrar que a não realização de uma manutenção preventiva tende a elevar o número de incidentes e ocorrências.

Manutenção preditiva

Realizada por meio da análise e do monitoramento dos equipamentos e instalações, com o objetivo de prevenir problemas, a manutenção preditiva avalia as condições internas dos materiais.

Manutenção produtiva total

Muito além de uma forma de manutenção, ela atua mais diretamente no que se refere à organização, comportamento das pessoas e formas de resolução de problemas. A ideia é atingir o nível de falha zero, evitando que o equipamento quebre durante a operação.

Nesse sentido, ela trabalha também com foco no treinamento das pessoas que manuseiam os equipamentos e são responsáveis pelo processo e pela qualidade do serviço.

Como fazer um cronograma de manutenção eficiente?

Uma dúvida comum, principalmente quando esse tipo de ação não é recorrente na empresa, é saber como definir um cronograma de manutenção que seja de fato eficiente. É importante ressaltar que cada organização tem suas peculiaridades, de forma que podem ser incluídos novos pontos de acordo com as necessidades locais.

Porém, alguns requisitos são essenciais para um controle de cronograma de manutenção que seja eficaz e previna a necessidade de parar a cadeia produtiva para o conserto de máquinas e equipamentos diversos. Confira alguns pontos que devem ser levados em consideração nesse momento.

Considere todos os setores da empresa ao estabelecer o cronograma

Se é a primeira vez que a empresa realizará um cronograma de manutenção, é essencial listar todos os equipamentos que precisarão passar por esse processo. Ao realizar a listagem, lembre-se: todos os setores devem estar envolvidos.

Não se trata apenas da cadeia produtiva; os setores administrativos também necessitam de cuidados recorrentes: computadores, smartphones e outros dispositivos móveis também precisam de manutenções, como verificações de brechas de segurança, formatação, entre outras. Então, confira todos os equipamentos envolvidos nos diversos setores e enumere-os em uma lista.

Defina prioridades

Quais são os pontos-chave da sua cadeia produtiva? Quais maquinários estão diretamente ligados à entrega final para o cliente? Eles merecem prioridade no momento de estabelecer um cronograma inicial.

É essencial estabelecer quais maquinários serão avaliados em primeiro lugar e os subsequentes.

Programe o tempo adequadamente

Estabeleça uma periodicidade para a realização das manutenções preventivas. Isso dependerá de alguns parâmetros, como:

  • características do tipo de maquinário (alguns demandam manutenções mais recorrentes, outros, mais espaçadas);
  • intensidade do uso (máquinas que sejam mais utilizadas tendem a se desgastar mais recorrentemente);
  • desgaste das peças (peças mais sensíveis tendem a necessitar de mais cuidados recorrentes).

Estabeleça horários adequados para as manutenções

O cronograma de manutenções deve documentar os horários específicos para a análise e verificação de cada equipamento. Deve-se optar por períodos fora do expediente ou, caso não seja possível, quando há baixa demanda do uso da máquina, de forma a minimizar prejuízos com as paradas ocasionadas pelos reparos.

Estabeleça responsáveis pela operação

Determine no documento quais serão os responsáveis pela operação em cada setor. Assim, em caso de não conformidade, os gestores saberão a quem recorrer em cada situação.

Realize o acompanhamento sistêmico de cada manutenção

O documento de manutenção deve conter informações que permitam o controle sistêmico do ocorrido. Por exemplo, ao identificar um desgaste recorrente de uma peça, que não é regular, pode-se avaliar se está ocorrendo uso inadequado do equipamento ou se é necessário trocar todo o maquinário por um mais novo.

O documento, portanto, deve conter:

  • data da manutenção e indicação da provável data do próximo reparo;
  • horário realizado;
  • profissional responsável;
  • peças utilizadas;
  • custos envolvidos no processo de manutenção;
  • problemas ou possíveis defeitos encontrados;
  • dados de produtividade antes e depois dos reparos.

Os relatórios são importantes pois geram dados que auxiliam em tomadas de decisões posteriores. Por exemplo, podem ser utilizados para decidir se é hora de realizar a aquisição de um novo equipamento.

Crie uma checklist

Para registrar o que falamos no item anterior e facilitar o trabalho dos responsáveis pela manutenção preventiva, deve-se criar uma checklist com os itens que devem ser verificados em cada máquina, quais foram os insumos e peças utilizadas, estado da máquina antes e depois do reparo, entre outros.

Isso permite uma visualização mais rápida da situação, bem como auxilia na redução de erros na execução da operação.

Quais são os principais benefícios do cronograma de manutenção?

Um planejamento desse tipo desempenha um papel fundamental no funcionamento dos processos de uma empresa e gera um enorme benefício para todas as áreas envolvidas.

Dessa forma, é possível evitar problemas e otimizar a vida útil dos equipamentos. Além disso, o cronograma de manutenção ajuda as equipes responsáveis a entender e seguir uma sequência lógica para a realização das atividades.

Uma boa opção é torná-lo disponível online para que todos tenham acesso e tirem suas dúvidas. Em alguns casos, vale a pena também afixá-lo nas paredes para garantir que os colaboradores possam visualizá-lo e se preparar melhor.

Em linhas gerais, além de organizar todo o processo, o cronograma de manutenção gera maior confiabilidade. Assim, o investimento inicial em uma equipe preparada e capacitada,é extremamente relevante.

Quer saber mais sobre programas de manutenção e outras informações pertinentes para a otimização do setor produtivo da sua empresa? Assine nossa newsletter e receba todas as informações diretamente em seu e-mail.

Deixar comentário.

três × 2 =

Share This