Gestão de custos: saiba como fazer e a sua importância!

232519 gestao de custos saiba como fazer e a sua importancia 810x540 - Gestão de custos: saiba como fazer e a sua importância!

A área financeira é importante e estratégica para qualquer organização. É por meio dela que todas as demais funções se tornam viáveis na indústria. Uma gestão de custos eficiente é essencial para manter o bom funcionamento do negócio, torná-lo mais competitivo, evitar prejuízos financeiros e materiais e permitir um crescimento sustentável da organização.

Esses são apenas alguns pontos que evidenciam a importância disso para toda e qualquer empresa, independentemente da sua área. Por isso, vamos explicar, neste artigo, a importância da gestão de custos, principalmente na indústria, e como fazer uma gestão eficiente nessa área, potencializando os resultados.

Você também vai ler sobre a relação tanto da gestão de custos com o controle de manutenção quanto seu relacionamento com o planejamento de serviços. Continue conosco e tire suas dúvidas sobre o tema.

A importância da gestão de custos

Em primeiro lugar, vamos definir o que é uma gestão de custos. Ela diz respeito ao gerenciamento inteligente dos gastos de uma organização de forma eficiente, o que permite que o gestor consiga identificar, por meio disso, oportunidades de investimento, potencializar margem de lucro, tomar decisões mais estratégicas de forma eficiente e consciente, entre outros.

Isso evidencia a importância da gestão de custos para a organização, principalmente no setor industrial. Quando bem realizada, auxilia também nos seguintes pontos:

Crescimento sustentável da empresa

A partir das informações obtidas em análise e aplicação de técnicas específicas, é possível descobrir quais são os maiores vilões contábeis que estão prejudicando o crescimento da empresa e, assim, corrigir os problemas existentes.

Realização de diagnósticos mais confiáveis

Uma melhor gestão de custos significa maior — e mais assertivo — controle sobre as operações financeiras da organização. Isso implica, consequentemente, em diagnósticos mais confiáveis, a longo prazo, da situação atual da empresa, como também de classificação de despesas, estabelecimento de metas, melhoria de processos e melhor gestão de recursos, entre outros.

Redução de custos

Analisam-se, assim, os custos que podem ser otimizados, pois é possível diminuir despesas supérfluas e melhorar os custos de produção e manutenção da empresa, levando a um melhor aproveitamento dos recursos da organização.

Como fazer uma gestão eficiente

Saber o quanto uma gestão de custos é importante não é o suficiente — é necessário ter conhecimento de como realizá-la de forma efetiva a fim de conseguir os melhores resultados. Afinal, quanto melhor for a gestão de custos, melhores serão alocados os recursos, e você conseguirá realizar mais melhorias e otimizar processos com menor gasto. Veja, a seguir, a melhor forma para implantar a gestão de custos.

Tenha uma boa administração do estoque

Principalmente na área industrial, uma boa administração de estoque é fundamental para manter a gestão de custos. Muitas vezes, itens destinados a reparos podem ser utilizados em exagero ou de forma incorreta. Consequentemente, isso gera desperdício financeiro, já que não havia demanda para este gasto.

Negocie com fornecedores

Para diminuir gastos com compra de insumos, negocie com fornecedores. Peça preços mais atraentes em troca de fidelização. Assim, a empresa consegue diminuir os custos, mantendo a escolha de um comprador de qualidade e melhorando o custo-benefício na aquisição.

Verifique onde estão os custos desnecessários

Os custos elevados quase sempre estão relacionados a questões supérfluas e que podem ser facilmente solucionadas com uma simples verificação dos gastos atuais. Por exemplo, se você pode automatizar um processo que está sendo feito de forma manual por um funcionário, uma opção é comprar um software e realocar o colaborador para uma função analítica.

Assim, há otimização dos gastos e a empresa consegue direcionar o valor disponibilizado para outras melhorias no processo produtivo.

Diferencie custos fixos e varáveis

Saber quais são os gastos fixos e variáveis é importante para identificar o melhor momento. Por exemplo, ao adquirir peças de manutenção (uma despesa variável), pode-se optar por um momento de promoção, conseguindo valores melhores. Ou, então, comprar em grande quantidade (quando possível) para conseguir um melhor valor.

Utilize um software de gestão

Automatizar processos é uma forma de melhorar a gestão de custos, principalmente para evitar erros na avaliação e diminuir os riscos do negócio. Ao falarmos de finanças, todo cuidado é pouco.

Além disso, o uso de um sistema traz os seguintes benefícios:

  • maximiza eficiência;
  • otimiza os lucros;
  • gera maior competitividade no mercado;
  • permite analisar melhor os gastos, encontrando gargalos e supérfluos;
  • alcança equilíbrio entre ganhos e gastos, principalmente acerca dos custos fixos.

A relação entre gestão de custos e controle de manutenção

Como podemos perceber em alguns pontos que citamos no item anterior, a gestão de custos perpassa diretamente o controle de manutenção de qualquer empresa da área industrial. A manutenção está diretamente inserida no contexto produtivo.

Assim, todo e qualquer custo relacionado com esse tema interfere também, diretamente, na cadeia de custos. E é possível reduzir os gastos por meio de algumas ações importantes. Manutenções preventivas de maquinários permitem que eles funcionem adequadamente, com um gasto menor por operação em comparação com o conserto de um equipamento com defeito.

Isso faz com que os custos a longo prazo sejam diminuídos. Afinal, principalmente no setor industrial, cujo maquinário é de elevado valor, é necessário evitar a necessidade de comprar novos equipamentos ou pagar consertos pesados em caso de problemas.

Saber como realizar esse tipo de gestão de forma eficiente é fundamental para conseguir alavancar o negócio, desenvolver diferenciais competitivos, conquistar recursos para investimentos em novos produtos ou melhorias da cadeia produtiva, entre outros benefícios.

Por isso é importante que, ao término deste conteúdo, você esteja consciente da necessidade de investir na gestão de custos a fim de manter a saúde financeira da sua organização em dia e conquistar maior espaço no mercado. Você também pôde perceber que o plano de manutenção está diretamente ligado a essa questão, tornando o controle mais eficiente.

Aproveite e conheça nosso e-book sobre como realizar um plano de manutenção eficiente e tire suas dúvidas sobre o assunto.

Deixar comentário.

14 + 3 =

Share This