Como fazer gestão e manutenção na indústria de embalagens? Confira!

197803 como fazer gestao e manutencao na industria de embalagens confira 810x540 - Como fazer gestão e manutenção na indústria de embalagens? Confira!

Ao ler o nosso blog, você descobre os assuntos mais importantes sobre o mercado da manutenção. Existem vários critérios que não podem faltar em seu planejamento, como a otimização dos investimentos financeiros e melhoria contínua da produção.

Durante esse caminho, inúmeros desafios podem atrapalhar o crescimento da empresa. Isso acontece porque, infelizmente, muitas gestões ainda enxergam a manutenção como um setor não tão importante, que só deve ser acionado quando acontece um problema.

A gestão e manutenção na indústria de embalagens é um bom exemplo disso. Um supervisor precisa entender o seu negócio como um organismo vivo, que depende do correto funcionamento de todas as áreas.

Por isso, este post mostra os gargalos operacionais mais comuns e formas para evitá-los e solucioná-los em sua rotina de trabalho. Confira a seguir.

Quais são os principais desafios de gestão e manutenção na indústria de embalagens?

As relações no ambiente de trabalho industrial já não são as mesmas. Hoje em dia, as tecnologias interligam pessoas, máquinas e contratos, fornecendo informações em tempo real. Quem não se prepara para esse cenário perde espaço para concorrentes, pois o mercado está muito exigente.

Os cronogramas apertados são os primeiros problemas enfrentados na gestão e manutenção na indústria de embalagens. É complicado conciliar as datas de manutenção com a liberação dos equipamentos para a produção. A falta de controle e o uso indevido de informações fazem com que esse cenário se agrave.

Além disso, o gerenciamento incorreto do estoque é outra questão que não pode ser deixada de lado. As peças devem estar disponíveis sempre que for necessário. Quando isso não acontece, toda a cadeia de produção é colocada em risco. Muitos supervisores também não conhecem a quantidade de insumos disponíveis.

O desvio de mão de obra é um problema que acontece em diversas situações. A falta de trabalhadores capacitados para cumprir as obrigações impede o crescimento do negócio. Uma ordem de serviço (OS) preventiva que deveria ser resolvida por um determinado trabalhador, por exemplo, pode não ser executada por causa de uma OS emergencial.

Como é possível superá-los?

Cada indústria é formada por sistemas únicos. Apesar disso, todas passam por dificuldades para crescer. Existem dicas que podem ser aplicadas em todos os casos. Abaixo, encontram-se alguns de seus principais exemplos.

Coletar dados

Conhecer a gestão e manutenção na indústria é muito importante. Esse é um passo inicial que faz toda a diferença na obtenção de resultados positivos. Dessa forma, você deve analisar a sua estrutura empresarial e entender como tudo acontece. Nessas horas, é possível que você se depare com gargalos e erros que atrapalham a boa performance da equipe.

Então, registre tudo o que for encontrado, mesmo que você não tenha uma solução imediata. Essas informações podem ser utilizadas no futuro, facilitando a sua tomada de decisões.

É necessário conhecer, por exemplo, as horas de trabalho de cada máquina, o volume de produção e as ocorrências que paralisam o chão de fábrica.

Planejar

Após coletar dados, é essencial que você planeje as suas ações. Defina as recomendações dos fornecedores, as quantidades de materiais no estoque e a disponibilidade de funcionários. Para tanto, converse com todos os envolvidos em sua empresa, da linha de produção até a sala de diretoria.

Determine metas que sejam alcançáveis e utilize-as para motivar o trabalho em equipe. Não se esqueça de analisar os resultados obtidos à medida que as atividades forem realizadas. Ao se deparar com algo fora do planejamento, não hesite em tomar atitudes, a fim de provar o seu valor na sua instituição.

Atender emergências

Quem trabalha com a gestão e manutenção de embalagens está acostumado a solucionar situações emergenciais. Elas acontecem quando menos se espera e precisam ser resolvidas o quanto antes. Ao não direcionar esforços nessas situações, você impacta o desenvolvimento de outras atividades e a realização do cronograma planejado. Portanto, tenha um plano de ação adequado às situações que podem acontecer.

Utilizar os tipos de manutenção

As etapas de manutenção passaram por mudanças desde a Primeira Revolução Industrial. Inicialmente, eram utilizados apenas processos corretivos. Hoje em dia, já é conhecido que esses procedimentos devem ser evitados a todo custo e aplicados apenas em questões isoladas. Com isso, métodos preventivos foram criados e são aplicados pelas gestões de sucesso no mercado.

Saber aplicar os tipos de manutenção é uma característica essencial a um supervisor. As manutenções preventivas ajudam a evitar paralisações, pois fornecem informações sobre o funcionamento de cada máquina. Como consequência disso, é possível trocar peças e realizar reparos antes que o equipamento pare de funcionar. Os processos de limpeza e lubrificação são grandes exemplos disso.

As manutenções preditivas se assemelham ao método anterior, mas têm pequenas diferenças. Elas adotam métodos mais eficientes, fomentando inspeções regulares nas estruturas do sistema. Testes de pressão, vibração e termografia ajudam a encontrar falhas.

Ter um software de gestão e controle de manutenção

Todas as dicas anteriores exigem muito preparo e dedicação da equipe. Há um grande número de dados que precisa ser analisado com cautela. Tentar realizar isso manualmente é algo impossível. Desse modo, tenha uma ferramenta programada para dar flexibilidade ao seu dia a dia de trabalho.

Evite adotar um software ERP comum, pois ele não tem as funções que otimizam a gestão e manutenção na indústria de embalagem, tais como:

  • emissão rápida e facilitada de OS;

  • módulo mobile;

  • cadastro eficiente das informações da linha de produção;

  • controle do estoque;

  • criação do histórico de eventos de cada equipamento.

Além do mais, você consegue acompanhar os indicadores de desempenho com facilidade e identificar falhas.

Quais vantagens são proporcionadas?

Os principais benefícios estão relacionados à redução de despesas e à otimização da produção. Uma empresa que se prepara para superar desafios consegue tomar decisões com antecedência e prever problemas.

Assim, você evita atitudes equivocadas, que promovem o desperdício e a falta de segurança. Ao ter mais capital, é possível investir em outros setores, como na expansão da indústria, na contratação de novos funcionários e no aumento dos lucros.

O ganho de notoriedade no mercado é outra vantagem. A sua marca se valoriza ao adotar uma estratégia sustentável, que preserva a integridade física dos funcionários e o consumo consciente dos recursos naturais. Então, novos contratos são fechados e você pode ter mais tranquilidade.

Gostaria de aprender ainda mais sobre os principais assuntos para a gestão e manutenção na indústria de embalagens e outros setores? Basta assinar a nossa newsletter e acompanhar os nossos posts!

 

1 comentário

Deixar comentário.

19 + vinte =

Share This