Veja o quão importante é a análise de dados antes de tomar decisões
ARTIGOS

Veja o quão importante é a análise de dados antes de tomar decisões

Escrito por

A rotina de trabalho de um supervisor de manutenção é muito corrida e atarefada. Como o mercado está muito exigente, é fundamental prestar um serviço de qualidade e que não coloca em risco o funcionamento do setor produtivo da empresa.

Dessa forma, esse profissional precisa se manter atualizado com as novidades do mercado e utilizar as melhores metodologias que existem. Suas decisões devem ser baseadas em informações sólidas e verdadeiras.

Quando isso não acontece, o seu planejamento não consegue atender aos prazos e às demandas da instituição. Com o uso de tecnologias e softwares de gerenciamento, é possível automatizar tarefas, reduzir custos e ter referências atualizadas sobre o estado de produção de todos as máquinas.

Por isso, o post de hoje vai ajudá-lo a entender um pouco mais sobre o assunto. Nele, mostramos como o nivelamento dos recursos com análise de dados pode mudar a maneira com que você enxerga o negócio e quais são os seus benefícios. Confira!

A importância da análise de dados no mercado atual

Hoje em dia, a globalização interliga as pessoas e as empresas ao redor do mundo. As notícias percorrem milhares de quilômetros em poucos segundos e nos informam o que está acontecendo do outro lado do planeta.

As inovações tecnológicas já fazem parte das rotinas profissionais — e da maioria das pessoas — e o setor industrial também se beneficia delas. A linha de produção é composta por profissionais e máquinas que trabalham em conjunto para cumprir o cronograma, respeitar os padrões de qualidade e atingir as metas previamente estabelecidas.

Independentemente do ramo ou porte da gestão, é necessário contar com o auxílio de softwares para o controle de manutenção. Por exemplo, caso um negócio tenha centenas de máquinas funcionando ao mesmo tempo, é praticamente impossível gerenciá-las e detectar falhas com eficiência manualmente.

Além disso, qualquer erro de transcrição ou problema na comunicação entre a equipe pode fazer com que o relatório fique errado.

Vivemos em uma época em que a análise de dados é essencial para tomar decisões que sejam certeiras em um curto intervalo de tempo. Em vista disso, a necessidade de recursos — como número de colaboradores qualificados, insumos existentes e indicadores financeiros — deve ser nivelada de acordo com a disponibilidade da gestão.

A tomada de decisões embasada por dados

Um número isolado não oferece interesse algum para um supervisor de manutenção. A título de exemplo, o número 5 pode não ter significado para a melhoria de sua atuação.

Porém, quando ele está atrelado à quantidade de funcionários que estão desatualizados com as novas normas ou de máquinas paradas, ele tem um enorme potencial para melhorar a qualidade do serviço prestado.

É perceptível que analisar informações é indispensável para tomar decisões eficientes e compreender o cenário em que a empresa se encontra. Apenas com a análise criteriosa, os profissionais de manutenção têm autonomia e segurança para propor mudanças e encontrar soluções para os problemas.

O feeling empresarial apresenta bons resultados em alguns casos isolados. A experiência também é outro fator essencial para o bom desempenho na indústria. Mas a análise de informações é um método com abordagens quantitativas e qualitativas que são realizadas por profissionais bem preparados.

Essas medidas fazem com que a empresa não tenha uma visão deturpada sobre o crescimento dos negócios e permite acompanhar o comportamento do mercado com mais certeza.

O nivelamento dos recursos com análise de dados é baseado em fatos mensuráveis e, por isso, oferece maior confiabilidade e rastreabilidade. Como consequência, há mais chances disso acontecer com segurança e qualidade, o que garante a obtenção de resultados melhores.

Não se esqueça que o momento mais importante desses processos é o lançamento de dados. Todas as outras etapas são realizadas pelo software, entretanto, quem insere as informações no sistema são os colaboradores. Dessa forma, eles devem saber operar a ferramenta sem dúvidas ou questionamentos.

Ferramentas de auxílio para levantamento e análise de dados

Existem vários softwares para a gestão estratégica de uma indústria no mercado. A maioria deles, são os famosos ERPs (Enterprise Resource Planning ou Planejamento dos Recursos da Empresa, em tradução literal para o português). Porém, esse tipo de ferramenta de trabalho não oferece todas as funcionalidades que a manutenção industrial exige.

É possível comprar uma solução customizada com telas, regras e relatórios, porém, essas alterações acarretam em despesas elevadas e que oneram o orçamento de uma empresa. Além do mais, a espera pela entrega do produto pode atrapalhar o seu planejamento.

Um software próprio para a gestão de manutenção é a melhor escolha para quem deseja comodidade e praticidade em sua rotina de trabalho. O ERP aborda diversos setores da planta industrial e isso faz com que o excesso de informações e o grande número de funcionários conectados exijam uma grande infraestrutura para funcionar.

O software especialista é exatamente o inverso disso. Ele é utilizado apenas nas áreas referentes à manutenção de equipamentos e possui o layout e a navegabilidade adaptados ao tipo de usuário que trabalha com manutenção. Assim, os custos são reduzidos e você pode alocar recursos em outras questões que também são indispensáveis para uma boa performance.

Lembre-se que ainda existe a possibilidade de integrar essa solução com os outros sistemas utilizados e melhorar o nivelamento dos recursos com análise de dados.

Otimização de rotinas e ordens de serviço de manutenção

Cada tipo de empreendimento tem demandas e características que precisam ser analisadas separadamente. De qualquer forma, todos os seus relatórios são utilizados na melhoria contínua dos processos como uma busca da redução de erros e o aumento da satisfação dos clientes.

O nivelamento dos recursos com análise de dados é uma estratégia que promove bons resultados e ajuda a definir se o planejamento está adequado ou não às suas necessidades. O uso de um software para a gestão de manutenção, juntamente com o treinamento dos colaboradores, gera relatórios atualizados e que ampliam a visão de um supervisor.  

A armazenagem e o gerenciamento de dados também facilitam essas atividades e a emissão de ordens de serviço. Por isso, faça uma pesquisa de mercado e encontre um parceiro que tenha uma solução que resolva os seus problemas e que melhore a qualidade do seu trabalho.

E aí, gostou do conteúdo deste post? Quer aprender ainda mais sobre as melhores práticas industriais? Descubra o nosso guia para o sucesso em um cronograma de manutenção!

Sobre o autor

Deixar comentário.

Share This