Por que controlar o estoque e o consumo de materiais é importante?

224701 por que controlar o estoque e o consumo de materiais e importante 810x540 - Por que controlar o estoque e o consumo de materiais é importante?

Imagine ter que paralisar a produção da sua indústria porque faltam insumos de limpeza para mantê-la em atividade. Essa situação parece caótica, não é mesmo? Nessas horas, o controle do estoque e do consumo de materiais é uma atividade muito importante.

Se você deixar esse assunto de lado, provavelmente não conseguirá alcançar os resultados que deseja. Além disso, abrirá brechas para falhas e acidentes no ambiente de trabalho.

Este post vai ajudar você a entender um pouco mais sobre essas questões e como elas são fundamentais para o sucesso do seu negócio. Acompanhe!

Por que é importante controlar o consumo de materiais e o estoque?

A rotina de trabalho de um supervisor de manutenção vai muito além de reparos em máquinas. Na verdade, esse profissional precisa acompanhar tudo o acontece na sua gestão, analisando relatórios, delegando funções e acompanhando as variações no mercado.

Para que tudo isso aconteça com tranquilidade, é fundamental monitorar de perto o consumo de materiais. Quem não toma essa postura acaba se metendo em maus lençóis, pois os preços das mercadorias variam quando menos se espera.

Isso quer dizer que em um determinado mês, os custos com os insumos produtivos podem extrapolar o limite financeiro estipulado pelo planejamento. Desse modo, o orçamento pode ficar no vermelho e você terá dificuldades para cumprir as suas obrigações.

Tenha em mente também que é essencial definir quanto será gasto com cada cliente ou serviço na sua empresa — e isso só é possível quando você domina as entradas e saídas de materiais no seu estoque.

Por último, mas não menos importante, o controle do consumo de materiais permite que você saiba o momento exato para repor o estoque e garantir que nenhuma mercadoria acabe antes da hora.

Todos os produtos podem receber os mesmos cuidados?

Um erro muito comum é achar que todos os instrumentos, equipamentos e produtos podem ser armazenados em um mesmo lugar. Os motivos para cometer esse erro são variados, como a pressa para dar andamento aos trabalhos e a falta de espaço físico disponível.

De qualquer forma, você precisa saber que cada tipo de produto tem características diferentes, que precisam ser respeitadas em todas as situações.

Os materiais de limpeza, por exemplo, dependem de um armazenamento diferenciado devido à sua possível toxicidade ou inflamabilidade. Ao utilizar um lugar que não oferece as condições ideais, você coloca em risco a qualidade do insumo e a saúde dos seus funcionários.

Outro ponto importante está relacionado à data de validade. Cada mercadoria tem propriedades únicas, portanto você precisa controlar o consumo de materiais com base no vencimento de seus itens.

Quais são as melhores dicas para colocar em prática?

Agora chegou o momento para você aprender algumas medidas que não podem faltar no dia a dia de um supervisor que deseja provar o seu valor na instituição.

Tirar dúvidas com os fabricantes

Antes de tomar qualquer atitude, você não pode deixar de conversar com os fabricantes dos produtos utilizados no seu negócio.

Essa dica parece simples, mas são eles que têm o conhecimento necessário para ajudá-lo a criar as condições ideais de armazenamento para os produtos, principalmente os de limpeza.

Lembre-se que muitas informações são encontradas nos rótulos das mercadorias!

Utilizar um software

As tecnologias mudaram a forma com que as empresas e as pessoas se relacionam — e não poderia ser diferente na hora de monitorar o consumo de materiais.

Pequenas gestões podem até conseguir obter bons números com o controle manual da movimentação no estoque, mas erros acontecem e causam grandes consequências na linha de produção.

Além disso, alguns profissionais tentam usar planilhas também. Entretanto, muitos enfrentam dificuldades na hora de interligar dados, já que todos os setores da instituição devem trabalhar em conjunto.

Desse modo, você deve utilizar um software para gerenciar o seu negócio. Escolha uma ferramenta que oferece facilidade de acesso e cria relatórios precisos e práticos. A partir dessas funcionalidades é possível tomar decisões eficientes e ter facilidade ao analisar dados.

Além desses benefícios, esse tipo de solução facilita o desenvolvimento do planejamento de manutenção, interligando todas as áreas. Como consequência disso, você tem todas as informações em um só lugar e não precisa analisar documentos e planilhas diferentes.

Assim sendo, a sua rotina se torna mais eficaz, pois você não perde tempo e tem mais segurança para tomar decisões.

Se quer saber como isso pode ser feito no contexto específico de sua empresa, entre em contato com a Engeman® e fale com quem mais entende do assunto! Nossas soluções certamente poderão ajudar você!

Treinar funcionários

Um supervisor de manutenção de sucesso nunca deve trabalhar sozinho. Esse profissional pode ser muito experiente e capacitado, mas é essencial contar com um time pronto para trabalhar sob pressão e assumir responsabilidades.

Todos os funcionários da gestão devem conhecer as melhores práticas sobre o manuseio de produtos de limpeza, já que alguns deles oferecem riscos à saúde. Além disso, eles ajudam a evitar o desperdício e a manter o ambiente de trabalho limpo e organizado.

Por isso, realize treinamentos constantemente. Lembre-se de participar dos cursos de capacitação e mostre que você também busca se manter atualizado com as novidades do mercado.

Faça com que todos se sintam livres e à vontade para perguntar e tirar dúvidas. Nesses momentos, o diálogo é uma poderosa ferramenta gerencial para criar laços na empresa.

Ter uma boa política de descarte

Produtos vencidos não podem ser descartados de qualquer forma. Essa atitude é uma prática errada, que atrapalha o fluxo de materiais e causa danos à natureza.

Desse modo, é necessário estipular medidas para se desfazer de produtos com o prazo de validade extrapolado. Mais uma vez: busque informações nos rótulos ou entre em contato com os fabricantes.

Ao ler este post, você descobriu mais sobre como é possível controlar o estoque e o consumo de materiais. Essas atividades devem ser realizadas diariamente, com muito cuidado e atenção, pois qualquer improviso cria inúmeras dificuldades na sua rotina.

O armazenamento e a logística dos produtos de limpeza não podem ser iguais às de outras mercadorias. Sempre considere as exigências estipuladas pelos fabricantes e utilize um software para gerenciar o fluxo de materiais.

Gostou do nosso conteúdo? Então compartilhe-o nas redes sociais e faça com que mais pessoas aprendam sobre o assunto!

Deixar comentário.

quinze − seis =

Share This