7 dicas infalíveis para redução de custos no setor de Manutenção

169516 x dicas infaliveis para reducao de custos no setor de manutencao 810x540 - 7 dicas infalíveis para redução de custos no setor de Manutenção

O orçamento financeiro é um muito importante para qualquer gestão, e não poderia ser diferente para o setor de manutenção. As decisões de um profissional de qualidade devem ser baseadas em informações sólidas e reais.

Quem não segue esses princípios coloca em risco a obtenção de resultados positivos e o equilíbrio em suas movimentações financeiras. Além do mais, assim, os cuidados econômicos vão muito além da negociação com fornecedores.

Nessas horas, é preciso analisar todos os fatores que envolvem a sua rotina de trabalho, visando encontrar oportunidades para otimizar gastos e diminuir despesas. Por isso, no post de hoje,  também,  vamos mostrar dicas para fomentar a redução de custos setor de manutenção. Confira!

Quais são os principais custos de um setor de manutenção?

Primeiro de tudo, a  falta de planejamento é uma das principais causas para o aumento dos gastos em uma empresa. Nessas situações, os profissionais não têm acesso às informações e não sabem lidar com os problemas que acontecem. O retrabalho acontece com frequência, elevando o uso de mão de obra.

Como consequência disso, o consumo de peças não acontece eficientemente. Em alguns casos, sobram produtos, já em outros, faltam mercadorias. De qualquer forma, gasta-se mais do que o necessário, e isso deve ser evitado de qualquer maneira.

Outra questão muito importante está relacionada ao armazenamento incorreto. Toda peça deve ser posicionada em um lugar estratégico, que facilita a sua retirada e preserva as suas condições. Guardar os equipamentos aleatoriamente reduz a velocidade das operações, atrasando o prazo de entrega.

Erros e atitudes equivocadas nas ações executivas também elevam os custos no setor de manutenção, já que essas atividades precisam ser adequadas às condições da linha de produção.

Todos esses motivos exigem uma postura diferenciada de um supervisor de manutenção que deseja alcançar resultados melhores. Por isso, listamos sete dicas infalíveis para evitar esses problemas. Veja:

Como reduzir os custos?

1. Conheça o seu negócio

Isso parece óbvio, contudo, mas conhecer a própria empresa é o primeiro passo para o caminho do sucesso. É necessário saber aonde você quer chegar, da mesma forma, quais são os recursos disponíveis e qual é a preparação atual de seus funcionários. Não se esqueça de considerar as variáveis que podem prejudicá-lo.

Com esses dados em mãos, é possível traçar metas e criar um planejamento que facilita a geração de relatórios e as operações de manutenção. Deixar essas questões de lado é uma atitude arbitrária, que apenas dificulta o seu trabalho.

Portanto,do mesmo modo, analise muito bem a condição socioeconômica do seu negócio antes de tomar qualquer atitude.

2. Defina um plano de comunicações

A redução de custos no setor de manutenção depende de uma comunicação aberta e direta entre todos os funcionários da gestão.

Nessas horas, utilize uma linguagem que é entendida por todos em seus relatórios de manutenção. Crie um padrão para facilitar o entendimento e agilizar os processos. Fique atento para dar e receber feedbacks. Eles são essenciais para a melhoria contínua de suas atividades.

3. Avalie fornecedores

Uma empresa de notoriedade no mercado é formada por um time experiente e bem capacitado. Porém, ainda é necessário contar com fornecedores de qualidade, que utilizam técnicas eficientes. Dessa forma, devido a uma pesquisa e estude todas as condições oferecidas por esses parceiros.

Não utilize apenas a questão financeira para tomar decisões. Fechar o contrato mais barato nem sempre é uma boa ideia, porque, acima de tudo,  isso pode indicar péssima qualidade na prestação de serviço.

Utilize outros fatores na redução de custos no setor de manutenção, como:

  • experiência de mercado;

  • opinião de outras gestões;

  • formas de pagamento oferecidas;

4. Gerencie riscos

O gerenciamento de riscos é uma tendência no mercado e você deve aplicá-lo. Ele o ajuda a identificar gargalos e questões que ameaçam a produção. Então, faça análises qualitativas e quantitativas sobre eles, enquanto traçamos procedimentos para controle.

Evitar emergências ou saber como solucioná-las com eficiência é algo fundamental para ajudar a redução de custos no setor de manutenção. Quanto menor for o tempo de resposta, mais eficiente certamente, será o seu trabalho.

5. Capacite a equipe

Profissionais capacitado,  do mesmo modo, consequentemente também ajudam na valorização da instituição. Portanto, do mesmo modo, realize treinamentos e ofereça palestras para mantê-los atualizados com as novidades do mercado sempre que for adotar uma nova ferramenta ou tecnologia.

Tenha em mente que também é importante realizar cursos de reciclagem, provavelmente, de modo a garantir a qualidade total em sua gestão.

6. Defina critérios de qualidade

Os indicadores de desempenho ajudam no acompanhamento das tarefas. Eles mostram quando algo está errado ou certo no setor de manutenção. Alguns de seus principais exemplos são:

  • tempo médio entre falhas: mostra o período médio em que acontecem problemas nos equipamentos;

  • tempo médio para reparos: indica o tempo em que a máquina fica paralisada durante as atividades de manutenção;

  • disponibilidade: evidencia a probabilidade de uma ferramenta de trabalho estar disponível;

7. Use um software de gerenciamento

Provavelmente, você está utilizando um celular, tablet ou computador para ler este post, não é mesmo? Os avanços tecnológicos mudaram a forma com que nos relacionamos com parentes, amigos e clientes. Eles nos ajudam em nossas rotinas pessoais e profissionais.

O setor de manutenção de uma empresa passa por várias transformações, acima de tudo, adotando novas técnicas e estratégias para melhorar a qualidade da produção. Utilizar um software de gerenciamento mobile já não é uma premissa para se destacar. Isso se tornou uma característica primordial de uma gestão preparada para superar os obstáculos.

Essa solução dá mobilidade aos seus funcionários, devido a democratização do acesso às informações. Assim, provavelmente, como resultado, é possível monitorar tudo o que acontece em seu negócio a qualquer hora e lugar. Saiba também que uma ferramenta de qualidade trabalha no modo offline e não depende da internet para manter o andamento das atividades.

Ao adotar uma solução automatizada, você diminui o consumo de papel da mesma forma, além disso, informa ao mercado que você está preocupado com a sustentabilidade.

Além de garantir a segurança dos dados e reduzir o tempo de trabalho, um software de gerenciamento ajuda na redução de custos setor de manutenção. Portanto, da mesma forma, devido a, utilize uma ferramenta adequada às suas necessidades.

Agora que você descobriu as melhores dicas para melhorar os resultados obtidos e diminuir as despesas com a manutenção, compartilhe este conteúdo com seus amigos nas redes sociais!

Deixar comentário.

um × cinco =

Share This