Como ser mais assertivo na manutenção preventiva de equipamentos
ARTIGOS Manutenção

Como ser mais assertivo na manutenção preventiva de equipamentos

Engeman
Escrito por Engeman

A gestão de manutenção é uma etapa essencial para colocar o setor produtivo em pleno funcionamento. Por isso, quem não se vale das melhores práticas que existem no mercado corre o risco de perder espaço para concorrentes, deixando passar as melhores oportunidades de crescimento.

Devido à importância de cada detalhe na execução do planejamento de manutenção, o supervisor do setor precisa acompanhar essa tendência e pensar bastante antes de tomar qualquer tipo de atitude. Isso porque o menor deslize coloca em risco a qualidade da produção.

Ser assertivo em sua rotina de trabalho é um critério fundamental para a obtenção de bons resultados e para provar seu valor na instituição. Mas você, nosso leitor, sabe o porquê disso? Ou, então, como a assertividade na manutenção de equipamentos pode mudar a forma com que você toma decisões?

Neste post, vamos entender um pouco mais sobre o assunto. Explicaremos os conceitos mais importantes e mostraremos como é possível superar obstáculos com atitudes corretas. Continue a leitura e confira!

O que significa ter assertividade na manutenção de equipamentos?

A assertividade é um conceito muito importante para o sucesso de qualquer negócio — e não poderia ser diferente com a gestão de manutenção. Paradas repentinas atrapalham o desempenho de todos. Além do mais, equipamentos que não passam por reparos e consertos periodicamente colocam em risco a segurança dos funcionários e provocam mais acidentes.

Esse termo está relacionado à capacidade de executar exatamente aquilo que foi planejado. De outra forma, exige-se que as manutenções sejam realizadas dentro das datas programadas e com os custos previstos.

Qual é a importância do planejamento?

É perceptível que o planejamento está presente em todos os momentos de trabalho de um supervisor. Esse profissional deve ter em mãos dados atualizados de cada aplicação e indicadores de desempenho de veículos, estruturas e equipamentos.

É necessário, também, analisar as metas da empresa e traçar procedimentos que façam parte de sua realidade produtiva. O planejamento, por si só, não basta para garantir a assertividade na manutenção preventiva de equipamentos.

O que contribui para a melhoria desse cenário é alinhar a necessidade de paradas com os setores e as pessoas envolvidas nos processos. Portanto, a programação precisa ser baseada em critérios previamente estipulados.

Como melhorar o desempenho da gestão?

Agora, chegou o momento de aprender a aprimorar a gestão de manutenção. Separamos algumas dicas que vão mudar a maneira como você atua em seu dia a dia de trabalho. Acompanhe:

Colete dados periodicamente

O chão de fábrica é um local muito dinâmico. Com o passar dos anos, os processos são aprimorados — e novas máquinas, introduzidas no mercado. Além do mais, existem também inúmeros funcionários que desempenham as mais variadas funções.

A coleta de dados deve ser realizada constantemente por um supervisor de manutenção. Com ela, é possível acompanhar o desempenho de todos, monitorar o ritmo de trabalho dos colaboradores, evitar acidentes e gerenciar o estoque de peças e ferramentas.

Muitos acreditam que o planejamento é uma etapa a ser realizada em um único momento. Mas esta ideia está equivocada e coloca os objetivos da empresa em risco.

A qualquer momento, pode acontecer um imprevisto ou uma falha operacional. Seu planejamento, portanto, deve ser sempre atualizado com novos dados e procedimentos, a fim de reduzir despesas, racionalizar o uso de materiais e aumentar a produtividade.

Lembre-se de cadastrar todas as ocorrências e detalhar cada componente da aplicação. Nessas horas, o uso de um software de gestão e controle de manutenção pode ajudá-lo a compreender melhor as interações entre os processos.

Ele amplia o seu campo de visão e propicia a descoberta de insights. Ademais, os gargalos financeiros e operacionais são encontrados e solucionados com mais facilidade. 

Todos esses benefícios fomentam a assertividade na manutenção de equipamentos. Por isso, não perca mais tempo e encontre uma solução adequada às necessidades de seu negócio.

Comunique-se bem com a equipe

O que um casamento e a gestão de manutenção de uma indústria têm em comum? Por mais que essa comparação pareça estranha, é necessário existir muito diálogo entre as partes envolvidas.

Quando isso não ocorre, os objetivos não são alcançados e as relações se desgastam. O trabalho em uma planta industrial pode ser massivo e estressante a partir do momento em que não é gerenciado da melhor forma.

Em vista disso, seja um bom líder e utilize uma linguagem compreensível para todos. Dessa maneira, um supervisor deve criar um ambiente aberto ao diálogo, em que os trabalhadores tenham liberdade, expressem suas opiniões e tirem dúvidas.

Deixe bem claro que todos são importantes para a assertividade na manutenção de equipamentos e que a forma com que atuam influencia diretamente no sucesso do negócio. Não se esqueça de que uma simples conversa durante a pausa do café pode ajudar o colaborador a encontrar respostas para os problemas que tiram as suas noites de sono.

Respeite os padrões

Cada tipo de empresa tem características que a diferem das demais. Por mais que uma técnica funcione muito bem para o seu concorrente, pense duas vezes antes de aplicá-la em seu comando.

O respeito aos padrões é uma conduta que indica o alinhamento aos objetivos da companhia e permite uma análise minuciosa das aplicações. Como você viu, a assertividade na manutenção de equipamentos evita interferências nos processos de produção, reduz o tempo de parada e melhora a qualidade dos produtos.

As paradas repentinas podem acontecer por uma série de fatores, como: falta de produtos em estoque, ausência de profissionais capacitados e problemas operacionais.E estar preparado para essas situações já não é um diferencial, mas sim uma necessidade.

Para que isso aconteça, é fundamental analisar a performance de cada ferramenta e funcionário presente na planta industrial. Tentar realizar essa atividade manualmente, pois ela pode ser complicada.

Portanto, utilize uma ferramenta de gestão e controle de manutenção. Assim, você verá como é possível otimizar o tempo de trabalho e superar obstáculos com mais eficiência.

Entendeu a importância da assertividade na manutenção de equipamentos? Quer aprender ainda mais sobre as melhores estratégias e inovações do mercado? Basta assinar nossa newsletter e acompanhar todas as novidades!

Sobre o autor

Engeman

Engeman

Deixar comentário.

Share This