Descubra as vantagens da tecnologia na gestão de frota!

257778 descubra as vantagens da tecnologia na gestao de frota 810x541 - Descubra as vantagens da tecnologia na gestão de frota!

Uma gestão de frota eficiente gera impactos diretamente nos resultados do negócio. Em um mercado tão competitivo como o atual, esse é um diferencial ainda mais importante para qualquer empresa. Nesse sentido, a tecnologia é uma ferramenta essencial para otimizar o uso dos recursos do setor.

Ainda assim, é natural ter algumas dúvidas sobre como ela pode ser implementada nesse processo. Afinal, por que investir na gestão de frota? Como a tecnologia pode ajudar você com essa questão? O que buscar em uma solução desse tipo?

Neste post, esclareceremos de uma vez por todas esse assunto. Confira!

Por que investir em gestão de frota?

A gestão tem como objetivo estabelecer um planejamento e mecanismos de controle para determinado processo. Por isso, toda atividade desempenhada por uma empresa costuma ser submetida a uma hierarquia que começa pelo papel do gestor. Na prática, seu objetivo é garantir que as tarefas do setor ocorram de acordo com os objetivos estratégicos da empresa.

Por isso, a gestão de frota desempenha o papel fundamental de garantir que os veículos — sendo eles recursos da empresa — sejam utilizados da melhor maneira possível. Isso significa otimizar o seu uso, gerando máxima produtividade com baixo custo.

No entanto, o mercado exige que tanto o desempenho quanto o custo sejam competitivos frente à concorrência. Isso significa que a gestão de frota deve adotar estratégias para, por exemplo, monitorar as rotas e gerenciar o consumo de combustível com mais precisão.

Dessa forma, ela poderá identificar falhas quando algum processo apresentar um resultado fora do previsto. Consequentemente, ações podem ser tomadas para adequar o desempenho da frota e promover o uso eficiente dos recursos.

Por outro lado, um dos principais obstáculos do gestor é a quantidade de veículos e indicadores que ele precisa acompanhar. O volume de dados é tão grande que uma gestão realmente eficaz depende de ferramentas adequadas para ajudá-lo a alcançar seus objetivos.

É exatamente neste ponto que a tecnologia se posiciona como uma ferramenta insubstituível.

Como a tecnologia pode ajudar na gestão de frotas?

Os fatores responsáveis pelos maiores gastos em uma frota são pneus e combustível. No entanto, esse custo está diretamente relacionado à produtividade da frota. Isso significa que não são o principal foco da redução de custos — mas ainda assim podem custar menos se a gestão souber onde atuar.

Um software para gestão de frota permite, por exemplo, monitorar as rotas com mais precisão. Dessa forma, são estabelecidos trajetos mais eficientes para evitar o desgaste excessivo de pneus e o consumo exagerado de combustível. Além disso, vale lembrar que o controle desses gastos envolve o registro e cálculo das informações de cada veículo.

O grande diferencial de uma solução tecnológica é reduzir as falhas humanas envolvidas no processo de gestão. Os dados são registrados com precisão e calculados automaticamente. O gestor pode estabelecer notificações para o momento das trocas de pneu e ganha tempo livre para focar em atividades que exigem mais da sua atenção — o alerta fica por conta do software.

Vale destacar que as análises desses dados também são feitas com mais acurácia. Isso significa que o consumo de combustível é medido com precisão, sem as grandes margens de erro do cálculo manual. Consequentemente, é mais fácil identificar quando um veículo está consumindo demais — algo que pode significar um defeito mecânico.

Ainda visando a redução de custos, a tecnologia permite atuar em pontos mais específicos da manutenção que juntos geram grandes despesas. Alguns exemplos são o consumo de lubrificantes e a reposição de itens como discos de freio, sistemas de direção e suspensão, insumos em geral etc.

Gastos da Manutenção 

Individualmente, eles têm baixo custo. No entanto, quando negligenciados, eles aumentam significativamente os gastos da manutenção. Um software de gestão de frota permite o monitoramento do consumo de cada item, além de fornecer relatórios para que o gestor identifique quando algo está custando mais do que deveria.

Em alguns casos, sistemas de telemetria são opções interessantes para um monitoramento mais completo. São equipamentos simples que mostram o comportamento do veículo em tempo real: aceleração, velocidade, temperatura, trajeto etc.

Um cronograma para lubrificação em intervalos menores, por exemplo, é uma ação que gera impactos positivos no gasto com lubrificantes. Check-ups diários de itens simples e de limpeza também ajudam a manter a regulagem dos veículos e estender a vida útil da frota como um todo.

Resumidamente, tanto a gestão de custo como a manutenção preventiva se tornam mais eficientes com um sistema que oferece controle maior sobre os veículos — desde o desempenho até a gestão da parte mecânica.

Quais funcionalidades devo buscar em um bom sistema de gestão de frota?

As funcionalidades básicas de um sistema de gestão de frota são o registro dos trechos e da manutenção periódica de cada veículo. No entanto, esses são apenas fatores essenciais que nenhuma empresa pode ignorar. Um software realmente eficiente oferece funcionalidades mais complexas para proporcionar uma gestão mais precisa.

O controle de telemetria é um bom exemplo disso. Mesmo que sua empresa ainda não adote o sistema, é importante tê-lo à disposição. O controle de indicadores de desempenho permite que a empresa identifique se uma falha é resultado de problemas com o veículo ou da direção do próprio motoristas.

Assim, você pode oferecer treinamentos de condução para que a vida útil das peças seja prolongada. Para complementar, sinais de problemas mecânicos são tratados antes que se tornem casos de manutenção corretiva.

Antes, esse tipo de tecnologia era uma realidade apenas em circuitos de corrida automobilística. Porém, trata-se hoje de uma tecnologia totalmente acessível para qualquer empresa que adote um sistema simples de telemetria.

Por fim, vale destacar que um bom software deve oferecer mecanismos para que o gestor lide com as informações que ele gera. Gráficos e relatórios, por exemplo, promovem um acompanhamento otimizado de cada indicador. Assim, você compara o desempenho dos veículos entre si ou ao longo do tempo para saber se há uma piora que deve ser tratada.

São dados que o sistema deve processar e apresentar de forma simplificada para o gestor. O resultado é uma gestão de frota de qualidade e pró-ativa, que não espera os problemas ocorrerem para solucioná-los. Procure um sistema de confiança e promova um desempenho ainda melhor para seus veículos!

Se quer saber mais sobre gestão de frota, inscreva-se gratuitamente na nossa newsletter e receba outros conteúdos sobre o tema!

Deixar comentário.

14 − 10 =

Share This